Segunda-feira, 03.08.09

O que é Dieta Da Proteína ?

Conhecida como a dieta de personalidades de Hollywood como Jeniffer Aniston, Whoopi Goldberg, Catherine Zeta-Jones entre outras, a Dieta da Proteína propõe a ingestão de aproximadamente 55% de gorduras, 25% de proteínas e menos de 20% de carboidratos.

 

Também muito utilizada por pacientes de lipoaspiração ou outros procedimentos cirúrgicos que exigem perda rápida de peso, a Dieta da Proteína evita a ingestão de carboidratos como pães, massas, arroz, batata, e também o açúcar, doces, chocolates, pudins e outros.

A dieta foi criada na década de 70 pelo médico cardiologista americano Robert Atkins, e ainda hoje é baseada numa alimentação com diversos tipos de carnes, ovos, derivados de leite, salada e outras fontes de proteína. Pois nela, se recomenda diminuir a ingestão de carboidratos para fazer com que o metabolismo do organismo troque o uso de glicose, como combustível, pela queima de gordura (tanto a gordura armazenada no corpo quanto a da dieta). Baseada no livro mais popular do assunto -“A nova dieta revolucionária do Dr. Atkins”, da editora Record -, a dieta se divide em três fases: a fase da indução, da Perda de Peso Contínua (PPC) e da manutenção.

- Período Inicial: Dura em média 14 dias, com a ingestão de carboidratos que não pode ultrapassar 15 g por dia. Depois, nas outras fases, a quantidade de carboidrato vai aumentando, podendo chegar até 60g diários. Nesta fase, a perda de peso é "surpreendente", porém recomendam-se suplementos vitamínicos e minerais neste período, para evitar problemas de saúde causados por deficiência de vitaminas e minerais.

- Perda de Peso Contínua e Manutenção: A partir de duas semanas, a ingestão de carboidratos vai aumentando gradualmente até o indivíduo conseguir emagrecer o excesso, porém mais devagar; e assim, reduzir ou eliminar os suplementos alimentares. Quando o peso desejado for alcançado, os níveis de carboidratos são, mais uma vez, aumentados gradualmente até que o peso do indivíduo fique estável.

Dr. Atkins diz na nova versão de seu livro, que muitas desordens alimentares são resultado da secreção excessiva de insulina, e sustenta a idéia de que controlar os níveis de açúcar e insulina no sangue, eliminaria a ansiedade de comer e reduziria o apetite.

Método divide opiniões

Para o Dr.Mário Quadros, endocrinologista conhecido da sociedade de Manaus pelo seu trabalho sério na área, e que também faz parte da Sociedade Brasileira de Endocrinologia; a dieta da proteína é muito eficaz nos casos de quem precisa perder peso de forma rápida (principalmente aqueles que precisam fazer alguma cirurgia), ou para pacientes com problemas de saúde como os cardiopatas ou os com pressão alta. “Com o relançamento do livro do Dr.Atkins, muita gente procura esta dieta, que inclusive indico para pessoas obesas e que tenham mais de 110 cm de circunferência de cintura. Porém, acho ela eficaz só nos primeiros 15 dias do regime”. E continua: “Depois, aos poucos, vou aumentando o cardápio até o paciente fazer uma reeducação alimentar. Até porque com mais de 30 dias só se alimentando de proteína, há um aumento de triglicerídios e de colesterol no sangue”, conclui o Dr. Mário Quadros, que atende na Rua Rio Javari, 961, no Vieiralves.

Já para o mestre em Ciência do Alimento, formado pelo INPA aqui de Manaus, Ozenildo Nascimento; a dieta da proteína não auxilia muito na perda de peso mais saudável, porque este tipo de alimentação pode ocasionar muito cálculo renal e retenção de líquido, além de sobrecarregar o fígado. E diz: “O mais ideal é se fazer uma dieta balanceada e com equilíbrio nos alimentos. Como exemplo: comer na hora do almoço uma pequena porção de carboidrato (arroz ou batata), uma porção de feijão, um peito de frango grelhado ou feito no azeite e legumes e verduras cozidos ou crus. Além é claro, fazer também algum exercício físico, de preferência os aeróbicos para quem precisa perder peso” finaliza Ozenildo, que também é especialista em Musculação e professor de educação Física na Personal Fitness, também no Vieiralves.

Por causa destas diferenças de opiniões, que há três décadas a Dieta da Proteína tem sido objeto de debates nos círculos médicos e nutricionais. Existem duas linhas de pensamento: uma que crê na versão do Dr.Atkins, inclusive baseada na alimentação japonesa que ingere mais proteínas que carboidratos e por isso tem longevidade e baixas taxas de obesidade; e outra que diz que a perda de peso inicial que acontece na Dieta de Atkins é um fenômeno comum à maioria das dietas, pois reduz o glicogênio e a água acumulados nos músculos, e não por perda de gordura como ele constata. Para a “American Heart Association” (Associação Americana do Coração), nos EUA, as dietas de muita proteína e pouco carboidrato colocam pessoas sob o risco de enfermidades cardíacas.

Então, sejam quais forem as teses e contradições, a melhor saída é sempre uma boa reeducação alimentar acompanhada de exercícios físicos, principalmente os aeróbicos como natação, corrida e caminhada. Dependendo é óbvio, do organismo de cada um.

publicado por investweb às 13:37 | link do post | comentar | favorito
Dieta japonesa a 4 de Novembro de 2010 às 14:16
Olá eu já experimentei a Dieta da usp tive bons resultados parece-me uma dieta bastante similar mas mais saúdavel penso que vou experimentar.

Obrigado


Dieta dos Carboidratos a 25 de Novembro de 2010 às 17:01
Olá,

Parece ser uma dieta interessante vou pesquisar um pouco e experimentar pois tou precisando de perder algum peso antes da chegada do verao.

Bj
Pesquisa personalizada
arquivos
2009
últ. comentários
As proteinas são mt boas
Olá,Parece ser uma dieta interessante vou pesquisa...
Olá,Parece ser uma dieta interessante vou pesquisa...
Olá eu já experimentei a Dieta da usp tive bons re...
Olá eu já experimentei a Dieta da usp tive bons re...
E morre-se em quantos dias só comendo isto?
blogs SAPO